Redes sociais visam aos nichos cada vez mais específicos

Site Amornamedida tem oito redes sociais para atender os mais diversos públicos, oferecendo namoros por segmentos

Além da possibilidade de conhecer pessoas em festas, bares ou por intermédio de amigos, encontrar um parceiro ou parceira por meio de agências de namoro em redes sociais está se tornando uma realidade e cada vez mais pessoas tomam conhecimento desse tipo de ferramenta.

Importada dos Estados Unidos e de sites como o eHarmony, que professa ter mais de 33 milhões de perfis cadastrados no mundo inteiro, a ideia tem inspirado iniciativas locais, como a do arquiteto de informação uberlandense Maicon Santos, 29 anos, que desenvolveu oito redes sociais para atender os mais diversos
públicos, apostando na segmentação.

As redes sociais criadas por Santos são centralizadas no site Amor na Medida, uma agência de namoro virtual especializada em grupos de relacionamento com afinidades específicas, como pessoas acima do peso, com mais de 45 anos ou com deficiências diversas. Lançado no mês passado após dois meses de elaboração, já são mais de 4 mil usuários cadastrados – 80% são mulheres – nos diversos segmentos oferecidos. “Inicialmente, as redes sociais específicas podem parecer uma forma de exclusão, porém eu as vejo como uma forma de fortificação, em que é possível reunir forças em busca de parceiros e até benefícios”, afirmou o uberlandense.

Segundo a professora da Universidade Federal de Uberlândia especialista em mídias sociais, Mirna Tonus, as agências virtuais de namoro já se consolidaram e demonstram isso por meio de relatos de sucesso de casais formados a partir de seus mecanismos de compatibilidade. A segmentação é mais uma facilitadora. “Pessoas com um perfil podem procurar pessoas com as mesmas qualidades que buscam com maior facilidade. É uma especialização da especialização”, disse.

Cadastro pode ser feito gratuitamente

Professora Mirna Tonus diz que há relatos de sucesso

Os diversos sites de namoro virtual geralmente funcionam por meio de um cadastro no qual o usuário coloca suas características, fotos, gostos e o que procura na outra pessoa e esses dados são cruzados com os de outros usuários a partir de cálculos de compatibilidade.

As redes de relacionamento do site Amor na medida seguem o mesmo princípio. Para participar, os internautas devem acessar o site, escolher o segmento e se cadastrar no plano gratuito ou VIP. Após o cadastro, o usuário é direcionado a uma tela para que detalhe seu perfil e preferências e, a partir deste ponto, é possível visualizar outros perfis e enviar mensagens diretamente a outra pessoa. Existe também a possibilidade de acessar o mecanismo de busca, no canto superior esquerdo da página, e especificar o que se quer no momento, como só usuários online ou não. Para quem não está habituado ao formato, a utilização pode parecer confusa, uma vez que exige pró-atividade, a exemplo de outros sites do tipo, conforme afirmou a especialista Mirna Tonus. “As pessoas ainda se arriscam pouco nas redes sociais. Quanto mais utilizam as opções de detalhamento e os chats disponibilizados, maiores as chances de terem sucesso”, disse.

Nos EUA são muitos os casamentos

Cerca de 4,8% de todos os casamentos dos Estados Unidos eram viabilizados pelo site eHarmony em 2009. Da mesma forma, vários sites de namoro estampam casos de sucesso de casais formados a partir de seu acesso. De acordo com Maicon Santos, porém, em um mês ainda não é possível contabilizar a realização de encontros ou formação de casais, o que ele acredita se concretizar em cerca de seis meses, com o aumento dos cadastros. O arquiteto de informação já tem novos planos para as redes sociais segmentadas, como a disponibilização de redes para homossexuais, funcionários públicos e evangélicos.

Parcerias comerciais e descontos por meio da compra coletiva específica também estão nos planos, bem como a promoção de eventos e jantares para reunir fisicamente os internautas dessas redes sociais.

Atualmente, ele trabalha sozinho nas redes, mas já prevê a contratação de uma equipe. “Hoje, consigo cuidar de todas as redes, mas, em breve, vou precisar contratar alguém para me ajudar nas manutenções e melhorias.”

Saiba mais

Redes sociais centralizadas no site Amor na Medida

Amor de Peso
Para pessoas acima do peso (índice de massa corporal acima de 30).

Amor de Idade
Para pessoas com mais de 45 anos, charmosas, experientes e maduras.

Amor de Estilo
Para pessoas com muito estilo e personalidade. Fashion, emo, hardcore, punk, dark, hippie, estilosas e alternativas.

Amor de Fé
Para pessoas não cristãs, tais como: espiritas, umbandas, budistas, orientais, candomblés, judeus, esotéricas, espiritualistas.

Amor Normal
Para pessoas especiais, com deficiência física, mental ou fisiológica.

Amor Vital
Para pessoas com DST ou câncer.

Amor Vip
Para pessoas adeptas do fitness, atléticas e esportistas.

De 2002 para 20011, os cadastrados em sites de namoro no país saltaram de 2 milhões para 6 milhões (mais de 20% deles moram em São Paulo).

Outros sites mais acessados:
Par Perfeito
eHarmony

Fonte: http://www.correiodeuberlandia.com.br/cultura/redes-sociais-visam-aos-nichos-cada-vez-mais-especificos/

2 comentários sobre “Redes sociais visam aos nichos cada vez mais específicos

  1. Marina Madureira disse:

    oi…percebi que o site “amor de estilo” está com um problema no domínio! existe algum outro endereço pra acessá-lo, vocês vão concertar o problema,ou isso é por que o site foi tirado do ar de propósito? gostaria de me inscrever se ele ainda existir…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s